Gaudí: 4 obras imperdíveis em Barcelona

Olá Férias Maníacos! Quem já visitou Barcelona sabe que a cidade respira e inspira com as obras de Antoni Gaudí. Eu conheci a cidade em maio de 2018 e conto para vocês sobre como são esses lugares. Vem ler!


Antoni Placid Gaudí i Cornet

Nasceu no dia 25 de junho de 1852 na Catalunha e morreu no dia 10 de junho de 1926. Durante todos os seus anos de atividade na arquitetura ele teve influências góticas. Várias de suas obras em Barcelona fazem parte do Patrimônio Mundial da UNESCO.

1. Sagrada Família

A Sagrada família é o ponto turístico mais famoso de Barcelona. O projeto teve inicio em 1882 com um estilo gótico. Estilo que é visto na parte da frente da igreja. E então, Gaudí decidiu mudar o projeto. Ele projetou várias fachadas e 18 torres, onde apenas uma estava terminada antes de sua morte. Entretanto, até hoje a igreja ainda não está finalizada e o projeto continua em andamento devido às doações e aos tickets das visitações.

Você pode ver a Sagrada Família por fora e um pedacinho de dentro dela (onde ocorrem as missas) gratuitamente. Já para realmente entrar, tem um custo de mais ou menos 20 euros e dizem que é fantástico. Eu optei por não entrar porque estava com o modo econômico ligado. 🙂

Gaudí - Sagrada Família

Sagrada Família (Foto: Acervo Pessoal – Férias pra Ontem)

2. Parque Güell

A historia desse parque é bem interessante. Um empresario, Güell, comprou um terreno em Barcelona afastado do centro e decidiu contratar Antoni para realizar o projeto de um condomínio de casas, todas no seu estilo. Não se sabe muito bem o motivo, mas o projeto foi um fracasso. Apenas duas casas foram compradas.

No mesmo ano de inauguração, 1906, Güell, percebendo o fracasso, fez da área ainda livre um parque gratuito e a parte onde as casas estavam construídas era necessário pagar uma taxa de visitação. Até hoje ainda é assim. Custa cerca de 7 euros a visitação e você pode entrar dentro de algumas casas.

Gaudí - Parque Güell

Parque Güell (Foto: Acervo Pessoal – Férias pra Ontem)

3. Casa Batlló

A Casa Batlló foi construída no período de 1875 e 1877. Foi encomendada por José Batlló. O edifício já existia, no entanto, o arquiteto mais requisitado da época o reformou por inteiro. Com o passar dos anos, a casa sofreu diversas reformas para manter o lugar ainda mais impecável.

Você consegue conhecer a fachada da casa pela rua mesmo, mas também pode pagar para conhecer o seu interior. Custa cerca de 20 euros.

Gaudí - Casa Batlló

Fachada Casa Batlló (Foto: Acervo Pessoal – Férias pra Ontem)

4. Casa Milà ou La Pedrera

Esta casa foi feita para Roger Segimon de Milà e foi construída entre os anos 1905 e 1907. La Pedrera é um desafio arquitetônico, pois não possui nenhuma linha reta.

Igual a Casa Batlló, você pode conhecer a fachada na rua, mas também pode pagar para conhecer o seu interior. Custa cerca de 20 euros.

Gaudí - Casa Milà

Casa Milà (Foto: Acervo Pessoal – Férias pra Ontem)

Onde comprar ingressos

Você pode comprar ingresso para a visitação de todos esses lugares no site super confiável chamado Get Your Guide e nesse site existe também diversas outras atividades em Barcelona para você aproveitar.

Minha Opinião

Mas na minha visão leiga de arquitetura, algumas obras parecem feitas de doce. HAHA Mas como eu disse anteriormente, Barcelona não teria tanta personalidade se não fosse por ele.

2 comentários sobre “Gaudí: 4 obras imperdíveis em Barcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.